Cabeceira/PI,  21 de setembro de 2019
 

26 de setembro de 2017 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

Ciro reafirma candidatura ao senado e diz que sem o PP a oposição no Piauí não tem força eleitoral

A um interlocutor, durante um encontro em sua residência em Teresina, Ciro afirmou que não disputará nenhum outro cargo que não o de senador e está tranqüilo quanto ao resultado das investigações, pois não vão provar nada.

O senador e presidente nacional do PP Ciro Nogueira reafirmou que seu projeto político para 2018 é a renovação de seu mandato no senado, descartando qualquer hipótese de trocar a reeleição por uma candidatura de deputado federal. Ciro também revelou que o PP continuará aliado ao PT nas eleições.

Nos meios políticos, as especulações davam conta de que Nogueira poderia vir a pleitear uma cadeira de deputado federal e indicando sua mulher, a deputada Iracema Portela, a concorrer a outro cargo, inclusive de vice-governadora, para não correr risco de ficar sem mandato e conseqüentemente perder o foro privilegiado, devido ao desgaste que o envolvimento de seu nome nas investigações da Lava Jato vem lhe trazendo.

A um interlocutor, durante um encontro em sua residência em Teresina, Ciro afirmou que não disputará nenhum outro cargo que não o de senador e está tranqüilo quanto ao resultado das investigações, pois não vão provar nada.

Ciro também descartou uma provável candidatura a governador em 2018, devido ao seu projeto de reeleição mas revelou que em 2022 essa chance existe. Em relação ao seu partido, o senador disse que vai continuar aliado ao PT e não existe a possibilidade de o PP deixar o governo e ir para a oposição. “Eu tenho consciência de que se o meu partido deixasse o governo e fosse para a oposição esta iria para as eleições fortalecida, como vamos permanecer aliado ao PT, a oposição perde força eleitoral”, comentou Ciro a seu interlocutor.

FONTE: Visão Piauí


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: