Cabeceira/PI,  18 de novembro de 2019
 

26 de setembro de 2017 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

Subtenente da PM é confundida e sofre sequestro relâmpago: “um pesadelo”

“Um pesadelo para mim”. O desabafo é da subtenente da Polícia Militar do Piauí que foi vítima de sequestro relâmpago em Timon-MA, na tarde de terça-feira (25). Ela- que preferiu não se identificar- conta que teve o carro interceptado e ficou mais de meia hora na mira dos suspeitos.

“Eles impediram a passagem do meu veículo e já foram colocando a arma na minha cabeça, mandando eu descer do veículo. Eu falei: calma, vou sair e entregar a chave do carro. Eles disseram: não. A gente não quer o veículo. Você vai junto conosco”, conta a militar.

A vítima acredita que foi confundida. Durante o percurso, os suspeitos a questionaram sobre uma casa da avenida Teresina, em Timon

“Eu disse que não morava nessa avenida, mas em Teresina. Eles disseram que eu estava querendo confundir a mente deles. Então disseram que iam ficar comigo até o carro de apoio chegar… ficaram em contato com essa pessoa a chamando de burra, porque ela tinha se confundido e eu não era a pessoa que eles queriam”, relatou a vítima.

A subtenente conta ainda que a intenção dos suspeitos era atravessar a Ponte da Amizade e concluir a ação criminosa em Teresina, no Piauí. O sequestro relâmpago só terminou quando o trio percebeu que estava sendo perseguido por uma viatura da Polícia Militar. Nervosos, o condutor colidiu em um táxi na avenida Piauí, em Timon. Em seguida, eles correram em direção ao rio Parnaíba e dois foram presos.

Felizmente, a vítima não ficou ferida, apenas com arranhões no braço provocados pelos suspeitos.

A dupla foi encaminhada para a Central de Flagrantes.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: