Cabeceira/PI,  12 de novembro de 2019
 

17 de outubro de 2017 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

Wellington Dias diz que fase mais desafiadora da crise foi superada

“A fase mais desafiadora foi superada, mas de toda maneira vamos ter que ficar atentos, afinal de contas não paramos de ter quedas na receita em função da crise que vivemos no País”, disse ele.

Depois de alguns meses o governador do Piauí Wellington Dias (PT) falou de maneira mais tranquila sobre a crise financeira do Estado e afirmou à imprensa que a “fase mais desafiadora” já foi superada, apesar de deixar bem evidente que ainda é necessário ter muita cautela. Ele citou os meses de fevereiro, julho, agosto e setembros como mais conturbados onde foi preciso apertar os cintos para não submergir nos problemas econômicos.

“A fase mais desafiadora foi superada, mas de toda maneira vamos ter que ficar atentos, afinal de contas não paramos de ter quedas na receita em função da crise que vivemos no País. Nestes meses, além de perdermos receitas do Fundo de Participação dos Municípios também houve queda na receita partilhada com a União. Caiu 16% em um mês, em outro 26% e o que caiu menos foi 5%. Tivemos que puxar o freio para garantir o essencial”, disse o governador acrescentado que a perspectiva é de melhora da crise local.

Wellington Dias ainda se pronunciou acerca do projeto do Governo que visa aumentar impostos de alguns serviços. “Nós tivemos uma reunião do CONFAZ, secretários de Fazenda e Planejamento do Brasil e ali foi colocada a necedade de algumas alternarias para o enfrentamento da situação do equilíbrio das receitas, aliás, a própria União vem fazendo isso, claro que não é uma decisão que um governante faz com prazer, é pura necessidade. Nossa equipe esteve dialogando com os empresários e ali compreendemos que a parte de energia elétrica já tinha elevação aprovado no aumento da tardia e por essa razão acatamos o pedido para retirar esta área; O que eu posso dizer é que são medidas que garantem as condições da gente manter esse ritmo é tanto que elas são medidas que adotada por um período enquanto ultrapassa uma crise de situação ló da grave”, disse ele.

Fonte: GP1


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: