Cabeceira/PI,  29 de setembro de 2020
 

25 de dezembro de 2017 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

Gestores piauienses foram condenados a devolver R$ 10 milhões em 2017

Atuação do TCE-PI minimiza prejuízos aos cofres públicos provocados pela corrupção.

O trabalho de fiscalização do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) resultou, em 2017, na aplicação de multas a gestores e ex-gestores que somam R$ 10 milhões.

O presidente do TCE-PI, conselheiro Olavo Rebelo, informou que os débitos imputados a por irregularidades nas prestações de contas totalizam R$ 8,6 milhões.

São débitos já consolidados, cujas certidões já foram encaminhadas à Procuradoria-Geral do Estado e aos municípios para a execução das dívidas junto aos gestores e ex-gestores condenados. Mas há também outros milhões em débitos imputados ainda em fase de recurso”, explicou.

Durante o ano foram aplicadas multas que somam R$ 1,4 milhão por descumprimento de prazos na entrega das prestações de contas e outras sanções administrativas.

Licitações fraudulentas estão na mira do TCE-PI. Em 2017, 95 processos de órgãos municipais de estaduais foram suspensos.

Fonte: Acesse Piauí


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: