Cabeceira/PI,  1 de dezembro de 2020
 

2 de janeiro de 2018 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

W. Dias reclama quebra de acordos de Temer com municípios e o estado

Municípios estão sem receber adicional de R$ 2 bilhões e o Estado a 2ª parcela de R$ 315 milhões do empréstimo feito junto a Caixa Econômica Federal.

O governador Wellington Dias declarou nas redes sociais que o presidente Michel Temer não vem cumprindo o acordo na liberação de crédito para os municípios e vem bloqueiando a liberação da segunda parcela do empréstimo que governo estadual fez junto a Caixa Econômica Federal. Leia a nota abaixo, que o governador fez circular nas redes sociais:

Importante publicar a seguinte Declaração minha como governador:

“Os municípios do Piauí, confiando na palavra do Presidente da República, Michel Temer e membros de sua equipe, se organizaram para o crédito anunciado equivalente a 0,5% do valor global do FUNDO DE PARTICIPAÇÕES, algo como R$ 2 bilhões, festejados na última marcha dos municípios.

A quebra de acordo agora na data representada pelo NÃO CRÉDITO, gera um forte descrédito. E foi assim também com o não cumprimento da lei do alongamento da dívida dos Estados com o BNDES, onde o Piauí recorreu ao STF e foi o único Estado que assinou até este mês. Era para dezembro do ano passado.

Também com o BLOQUEIO de valores de empréstimo dos Estados para investimentos. Não é aqui dinheiro do Tesouro Nacional, trata-se de empréstimo da rede bancária, onde o do Piauí, cerca de R$ 315 milhões, para investimentos em mobilidade urbana (asfaltamento, calçamento), escolas, delegacias, rodovias e Pontes, equipamentos… tudo pronto e está “bloqueado por decisão política” há 7 meses na Caixa Econômica Federal sem a liberação.
Por isto manifesto total apoio à luta da APPM- PI, e dos municípios do Brasil, pela liberação imediata do repasse extra prometido. 

Fonte: Acesse Piauí


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: