Cabeceira/PI,  27 de setembro de 2020
 

14 de março de 2018 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

Conjunto habitacional em Cabeceiras do Piauí é ocupado de forma irregular

Reunidos na sede de uma Associação denominada ADECOC, onde funciona também uma rádio, no Centro da cidade, pessoas que se dizem lideres, inclusive reprovadas pelo povo nas urnas, convocaram pessoas ligadas ao cadastro habitacional elaborado de maneira irregular ainda quando estes governavam o município, para uma reunião realizada nesta terça-feira, 13 de março de 2018, onde o foco era incitar a este mesmo grupo de pessoas a ocupar as casas no conjunto habitacional que ainda está em face de conclusão, sem água, sem luz e sem as mínimas condições de habitação.

Somente a prefeitura como signatária, responsável pela obra e seus parceiros, ADH e CEF, à luz de rigorosas inspeções técnicas e revisão de cadastro de beneficiários com vistas à se evitar injustiças e fazer cumprir critérios socioeconômicos do referido projeto é quem deveriam proceder todas as etapas subsequentes à conclusão e a entrega das casas. A ato vergonhoso que será alvo de ação da Prefeitura Municipal de Cabeceiras junto ao Ministério Público Estadual e Federal, inclusive o prefeito Municipal já notificou a Direção da ADH (Agência de Desenvolvimento Habitacional), e o Promotor de Justiça, Dr. Glésio Setúbal, com vistas à solucionar o problema e responsabilizar criminalmente os responsáveis.

A ação tem como respaldo os documentos, além de fotos e depoimentos de populares. E vale lembrar que a prefeitura até este exato momento não recebeu nenhum comunicado oficial da empresa ou ADH para vistoria final do conjunto habitacional e entrega das casas. O prefeito não tem medido esforços desde aquisição do terreno, a conclusão do calçamento, perfuração do poço, a fim de garantir as condições básicas para moradia no local e conclusão do obra, o gestor inclusive recentemente recebeu a visita dos técnicos da empresa Cabrália que vieram ao local fazer o levantamento completo para instalação da rede trifásica de energia no referido conjunto habitacional.


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: