Cabeceira/PI,  28 de novembro de 2020
 

26 de junho de 2018 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

Guarda Costeira da Líbia resgata 460 imigrantes no Mediterrâneo

Outros dois barcos, com 361 pessoas, sendo 88 mulheres e 44 crianças, foram interceptados próximo à cidade costeira de Khoms.

Por  Estadão Conteúdo
– atualizado

A guarda costeira da Líbia resgatou cerca de 460 imigrantes africanos, incluindo dezenas de mulheres e crianças, em embarcações no Mar Mediterrâneo neste domingo.

Um grupo de 97 passageiros, incluindo 22 mulheres e 26 crianças, aportou na cidade de Zliten, segundo o porta-voz da Guarda Costeira líbia, Ayoub Gassi. Eles estavam em um bote de borracha

Outros dois barcos, com 361 pessoas, sendo 88 mulheres e 44 crianças, foram interceptados próximo à cidade costeira de Khoms. Segundo Gassi, todos os imigrantes tiveram ajuda médica e humanitária. Eles foram enviados para uma base naval na capital, Tripoli, e a um campo de refugiados em Khoms.

A Líbia é o principal ponto de trânsito à Europa para os civis que fogem da guerra e da fome na África. Traficantes de seres humanos aproveitaram-se do caos em que o país caiu, depois da queda de Muamar Kadafi, para ampliar seu poderio.

Desde o início do ano, segundo contagem das Nações Unidas, mais de 850 imigrantes morreram tentando a travessia pelo Mediterrâneo.


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: