Cabeceira/PI,  5 de dezembro de 2020
 

16 de julho de 2018 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

Polícia prende acusados de assaltos no Piauí e em outros Estados

Autor: Luis Silva

Publicada em

Após um assalto a posto de combustível em Cocal de Telha, usando um automóvel Palio, quatro portas, e mostrando uma pistola, um homem fugiu para o município de Piripiri.

A partir daí, usando mensagens no aplicativo WhatsApp, os policiais militares passaram a persegui-lo e descobriram que ele já tinha praticados assaltos no domingo em União, Teresina e Cocal de Telha, estava fugindo pela rodovia BR-343.

Suspeito preso em Cocal de Telha
Suspeito preso em Cocal de Telha

A Companhia da Polícia Militar de Piracuruca conseguiu prender o acusado de assaltos em três cidades na Estrada de São José do Divino, quando estava empreendendo fuga.

Em Teresina, agentes da Polícia Civil do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) reconheceram em shopping da capital piauiense, com a mulher e os filhos, um acusado de ser um dos maiores assaltantes de bancos Piauí, Piauí, Márcio Alencar Dutra, o Márcio Capote, de 31 anos.

O coordenador do Greco, delegado Willame Costa, disse que Márcio Alencar Dutra é foragido do sistema prisional do Piauí, Maranhão. Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e foi preso em flagrante.

Márcio Alencar Dutra  (Crédito: Polícia Civil )
Márcio Alencar Dutra (Crédito: Polícia Civil )

Segundo ele, um policial civil estava no shopping quando viu passeando normalmente com a esposa e o filho no shopping.

O policial pediu reforço de outros policiais e do delegado Gustavo, do Greco. Márcio Alencar estava com uma carteira de identidade falsa.

Ele é acusado de participar do roubo a agência do Banco do Brasil de Amarante e de usar uma farda da Polícia Civil do Maranhão, em junho de 2016. Ele portava um fuzil 556.

Márcio Dutra foi preso em Goiás em setembro de 2016, com uma identidade falsa.

Fonte: MN


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: