Cabeceira/PI,  30 de novembro de 2020
 

23 de julho de 2018 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

PT de Wellington Dias pode formalizar chapa pura durante a Convenção

Essa conjuntura atingiria frontalmente todos os demais partidos da coligação que contam com a formalização do chamado chapão para conquistar mais espaços na Assembleia e Câmara Federal.

Conforme apurado pelo GP1 junto a lideranças ligadas à base do Governo Wellington Dias (PT), os principais líderes do PT não descartam a possibilidade de fazer chapa pura tanto para deputado estadual quanto federal e formalizar a estratégia durante a Convenção, que vai acontecer dia 3 de agosto. Esse cenário promoveria um racha ainda maior na já fragilizada base aliada governista.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Governador Wellington Dias durante solenidade na APPMGovernador Wellington Dias durante solenidade na APPM
  • Essa conjuntura atingiria frontalmente todos os demais partidos da coligação que contam com a formalização do chamado chapão, com todos as siglas, para conquistar mais espaços na Assembleia e Câmara Federal. Aliados como Progressistas, PTB, PSD, PDT e MDB veriam suas pré-candidaturas proporcionais serem totalmente inviabilizadas, situação que poderia desencadear a corrida dos partidos para oposição.

Depois que o governador preteriu o deputado Themístocles Filho (MDB) como vice em favor da senadora petista Regina Sousa, o chapão passou a ser o único motivo que ainda segura os emedebistas na base aliada. Portanto, um rompimento desse acordo empurraria, automaticamente, o MDB para fora do Palácio de Karnak.

Os principais membros do Governo já estão cientes desta arquitetura petista, mas, têm mantido discrição para se certificarem se realmente o PT terá peito para sacramentar a estratégia durante a Convenção.

Fonte: GP1


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: