Cabeceira/PI,  5 de dezembro de 2020
 

7 de setembro de 2018 Informações da Postagem: Por Apolo Araújo Imprimir Postagem

U. E. Venância Lages Veloso realiza desfile de 7 de setembro

Apesar do sol quente, muita gente veio prestigiar o evento de perto.

A Escola Estadual Venância Lages Veloso com apoio da Prefeitura Municipal de Cabeceiras, realizou na manhã desta sexta-feira, (07), as comemorações alusivas ao tradicional 07 de setembro. O desfile iniciou em frente à escola, e percorreu as principais ruas da cidade.

Além dos alunos, pais e professores, também estiveram prestigiando o evento: A primeira-dama Ana Mota, conselheiro tutelar Eufrásio Filho, os secretários municipais; Apolo Araújo (Comunicação), Evandro Alves (Esportes), Professor Zé Filho, secretário da Junta Militar Fabiano, comandante do GPM Luís Carlos, Pastor Vanute da Assembleia de Deus e outros. O evento contou com a presença do Pelotão Mirin do município e várias apresentações com tema, feitas pelos próprios alunos.

Solange Pereira, Supervisora Estadual, explicou durante o evento, a importância de desenvolver projetos que visem à formação humana e social do aluno. Dessa forma, comemorar a data 7 de setembro não é só comemorar uma data cívica, ou cumprir com a proposta do calendário escolar, mas antes, informar, formar, levar conhecimentos, atualizar informações, fazer com que o aluno cresça em conhecimentos e valores, explicou Solange Pereira.

“Estou muito feliz pela presença de todos e por tudo ter ocorrido tudo bem. Esse desfile é um trabalho de equipe, pois sem o empenho de todos não teria sido tão bonito e não poderia acontecer. Parabenizo em especial minha equipe da escola pelo empenho e dedicação”, comentou a Supervisora Estadual, Solange Pereira.

A Independência do Brasil é um dos fatos históricos mais importantes de nosso país, pois marca o fim do domínio português e a conquista da autonomia política. Muitas tentativas anteriores ocorreram e muitas pessoas morreram na luta por este ideal. Podemos citar o caso mais conhecido: Tiradentes. Foi executado pela coroa portuguesa por defender a liberdade de nosso país, durante o processo da Inconfidência Mineira.

 

 


Comentários

icone Facebook
%d blogueiros gostam disto: